Política / Transparência

Servidores do HRMS têm expediente normal e sem pagamento de plantão durante ‘fecha tudo’

Com a antecipação dos feriados em Campo Grande para evitar o aumento de casos do novo coronarívus, os servidores do HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul) estão trabalhando normalmente, sem pagamento de plantão. De acordo com a portaria publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (24), a Funsau/HRMS determina o expediente normal […]

Renata Volpe Publicado em 24/03/2021, às 08h20 - Atualizado às 08h56

HRMS é referência no atendimento a pacientes com Covid-19. (Divulgação)
HRMS é referência no atendimento a pacientes com Covid-19. (Divulgação) - HRMS é referência no atendimento a pacientes com Covid-19. (Divulgação)

Com a antecipação dos feriados em Campo Grande para evitar o aumento de casos do novo coronarívus, os servidores do HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul) estão trabalhando normalmente, sem pagamento de plantão.

De acordo com a portaria publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (24), a Funsau/HRMS determina o expediente normal de trabalho, durante o período de 22 a 26 de março. O hospital é referência no atendimento a pessoas com Covid-19.

A decisão engloba todos os servidores e colaboradores que trabalharem de forma remota ou presencial durante o período. Com isso, terão direito ao gozo regular dos feriados municipais de 13 de junho e 26 de agosto dos anos de 2021 e 2022.

A Prefeitura de Campo Grande determinou antecipar os feriados para esta semana, na tentativa de conter os casos de Covid-19 na Capital. Sendo assim, os comércios não essenciais estão com as portas fechadas esta semana. 

O decreto municipal determina  a interrupção do trabalho presencial nas repartições públicas, com exceção dos serviços públicos de saúde e apenas suspendeu o trabalho presencial nos órgãos e entidades públicas estaduais e ainda excepcionou expressamente os “serviços públicos de saúde”.

Jornal Midiamax