Conforme Fernandes, é um fato que “nunca existiu”, fruto da luta da categoria e as promoções estão sendo publicadas desde o dia anterior. Primeiro, foram servidores lotados na  Agência Estadual de Metrologia, de integrantes da carreira de Fiscalização e Gestão de Públicas e também de Serviços de Engenharia e Transporte. 

Nesta quinta (30), as promoções são de servidores públicos pertencentes ao Quadro Permanente de Pessoal do Estado, concedidas mediante avaliação de desempenho do Programa de Gestão por Competência, através do Plano de Gestão e Desempenho Individual (PGDI).

São ao todo 18 servidores da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, 16 da Secretaria de Estado de (Sefaz), 61 da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), 7 da Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul (Funtrab), 7 da Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (agehab), 48 da Secretaria de Administração e Desburocratização (SAD) e 76 da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal do MS (Iagro).