Refis da Prefeitura de Campo Grande renegociou R$ 57 milhões, diz secretário

Há ainda a possibilidade de prorrogação da renegociação até 10 de agosto
| 12/07/2021
- 15:51
Refis da Prefeitura de Campo Grande renegociou R$ 57 milhões, diz secretário
Campo Grande em imagem aérea. - (Foto: Marcos Ermínio, Arquivo Jornal Midiamax)

A Prefeitura de Campo Grande arrecadou R$ 57 milhões com o PPI (Programa de Pagamento Incentivado), mais conhecido como Refis. A renegociação terminou no sábado (10), mas pode ser prorrogada até 10 de agosto, uma vez que há projeto de lei na Câmara Municipal pedindo extensão do prograna. O secretário de Finanças e Planejamento do município, Neto, afirmou que essa é uma possibilidade.

Esta edição do Refis abrangeu o ISS (Imposto Sobre Serviços), ITBI, Taxas Públicas e o (Imposto Predial e Territorial Urbano). Não se enquadraram os débitos referentes ao IPTU 2021; ISSQN 2021; infração à legislação de trânsito; indenização devida ao Município de Campo Grande por dano causado ao seu patrimônio; débito de natureza contratual, contrapartida financeira, outorga onerosa, arrendamento ou alienação de imóveis.

Em 12 de maio, quando a proposta foi protocolada na Câmara Municipal, o secretário afirmou que a expectativa era arrecadar pelo menos R$ 20 milhões nos 39 dias de duração - a renegociação foi de 1º de junho a 10 de julho. A prorrogação, cujo projeto foi apresentado, depende ainda da votação dos vereadores e, em caso de aprovação, sanção da Prefeitura de Campo Grande.

*Matéria editada para correção de informação às 12h44; na verdade, a arrecadação foi de R$ 57 milhões

Veja também

Ministério Público investigava irregularidades desde 2011, mas só sete anos depois, surgiram primeiros resultados

Últimas notícias