Moradores do bairro João Alberto Amorim, localizado na região da Vila Fernanda, oeste de Campo Grande, reclamam de descaso e abandono da região por parte da administração pública.

Segundo os moradores, há uma grande área de chácaras no decorrer lateral da Rua Rubens Correia, porém a falta de manutenção faz com que lixo se acumule e também que animais peçonhentos, roedores e insetos sejam presenças constantes no dia a dia dos moradores.

A diarista Rosangela Oliveira dos Santos, de 59 anos, revelou que mora no bairro há 14 anos e que nunca viu a ação da Prefeitura Municipal no local. “Acho um absurdo, porque pago IPTU e as condições da rua são péssimas, falta sinalização, sempre acontece acidentes”, afirmou.

A situação piora por causa dos animais. “Uma jararaca entrou na minha casa e mordeu minha cachorra, chamada Princesa, tive que gastar mais de mil reais para cuidar dos ferimentos”, contou.

A reclamação é confirmada por Nice Xavier, de 48 anos, presidente da Associação dos Moradores do Bairro. “O que buscamos para nosso bairro é segurança e saúde para os moradores, pois da forma que está existe risco grande tanto de assaltos como de estupros, pois falta policiamento”, completou.

O Jornal Midiamax entrou em contato com a Prefeitura Municipal e a questionou sobre a manutenção da área em questão e não obteve resposta até essa publicação. O espaço segue aberto para posicionamentos.

Área abandonada na extensão da Rua Rubens Correia é fonte de roedores e animais peçonhentos.

Fale com o Midiamax

Tem alguma denúncia, flagrante, reclamação ou sugestão de pauta para o Jornal Midiamax? Envie direto para nossos jornalistas pelo WhatsApp (67) 99207-4330. O anonimato é garantido por lei.

Acompanhe nossas atualizações no Facebook, Instagram e Tiktok