Política / Transparência

Prefeitura de Campo Grande pede crédito especial de R$ 1 milhão para ações em esporte e lazer

Poder Executivo apresentou projeto de lei à Câmara de Vereadores nesta sexta-feira (7)

Jones Mário Publicado em 07/05/2021, às 17h41

Praça Elias Gadia, localizada no Bairro Taveirópolis
Praça Elias Gadia, localizada no Bairro Taveirópolis - Divulgação/Funesp

A prefeitura de Campo Grande apresentou projeto à Câmara de Vereadores pedindo autorização para abrir crédito adicional especial de R$ 1 milhão ao orçamento. Os recursos serão direcionados à Funesp (Fundação Municipal de Esporte e Lazer).

Conforme justificativa do prefeito Marquinhos Trad (PSB) ao Legislativo, o crédito especial poderá custear programas, projetos e ações de esporte e lazer; celebrar parcerias com associações, ligas e federações; recuperar, reformar e requalificar equipamentos comunitários; investir em atletas e equipes de alto rendimento; e financiar pesquisas para promover políticas públicas no setor.

A Funesp está sob o comando de Claudinho Serra há um mês. O orçamento da pasta em 2021 é de R$ 19,7 milhões.

A abertura de crédito especial é uma alternativa para viabilizar investimentos que não têm dotação específica prevista no orçamento do município. Porém, os vereadores precisam aprovar o mecanismo em lei específica.

O projeto enviado à Câmara prevê a anulação de outras despesas estimadas no orçamento de 2021 para custear o crédito pretendido pela prefeitura. O ato de abertura, publicado em Diário Oficial, deve mencionar a dotação cancelada.

A proposta foi protocolada hoje (7) na Casa de Leis. Marquinhos Trad pediu que o texto seja votado em regime de urgência.

Jornal Midiamax