O TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) contratou por R$ 74,5 mil a empresa Diagnolab Laboratórios LTDA para efetuar testes-rápidos de Covid-19 em servidores do Poder Judiciário Estadual, conforme publicação desta quinta-feira (23) no Diário da Justiça de MS. A publicação é assinada pelo desembargador Paschoal Carmello Landro, presidente do TJMS.

Conforme a publicação, o laboratório irá fornecer kit específico de teste rápido da Covid-19 por meio de metodologia imunocromatográfica, capaz de apontar resultado entre 10 e 30 minutos, e identifica anticorpos IgM (infecção recente) e IgG (imunização antiga) com sensibilidade acima de 86,4%, além de especificidade de 99,5%.

A aquisição dos kits com testes rápidos teve dispensa de licitação justificada a favor do laboratório “considerando que está caracterizada a emergência e a situação de calamidade pública, que faz demandar pela Administração um imediato atendimento de situação Pandêmica enfrentada, fornecendo o material capaz de servir para os procedimentos de testagem dos servidores do Poder Judiciário Estadual”.

Não há detalhamento da quantidade de testes que serão adquiridos. A Diagnolab Laboratórios LTDA comercializa os testes Eco Teste, que custam até R$ 2 mil um kit com 20 testes de Covid-19.