Política / Transparência

Governo do Estado estende o prazo de contrato com 19 agências de publicidade

Prorrogação será de três meses até que licitação seja concluída

Midiamax Publicado em 07/08/2015, às 12h28

None
governadoria_-_la_pequena.jpg

Prorrogação será de três meses até que licitação seja concluída

O governo estadual renovou o contrato que mantém com 19 agências de comunicação. Tratam-se de termos aditivos de prorrogação de prazos por três meses, desde 23 de julho, quando foram assinados os aditivos, até 23 de outubro de 2015. As empresas são as mesmas da gestão do ex-governador do Estado, André Puccinelli (PMDB).

Está em andamento uma licitação para contratação de 12 agências de publicidade. Segundo o governo estadual, a prorrogação de prazo foi firmada, enquanto o processo de licitação não é finalizado. O aditamento de contrato significa que o governo acrescentou informações, no caso prorrogação de prazo, nos convênios.

Nos extratos de aditamento não consta o quanto custará a mais aos cofres públicos a medida

Em julho, o governo divulgou o resultado da análise de propostas. Do total de inscritas, 17 foram pontuadas, segundo publicação, na época, no Diário Oficial do Estado. Foram elas: Slogan, Ramal, Agilitá, Comuniart, Origem, Novo Engenho, B&W Três, Neocom, Think Service Design, Art e Traço, Compet, Lets, Matéria Prima, MV, Central Midia, Cannes e Ággil.

Das que pleiteiam contratos com o executivo estadual, nove já mantém convênios anteriores, objeto da prorrogação de prazo, com o governo.

Licitação

Anunciada em abril, a licitação para contratação de 12 empresas de publicidade é de R$ 32 milhões. São pelo menos R$ 5,8 milhões mensais a serem divididos pelas agências vencedoras.

O montante mensal é o mesmo que levou o ex-governador André Puccinelli (PMDB) a ser denunciado ao MPE (Ministério Público Estadual) por gastos excessivos com publicidade. Reinaldo pretende gastar pelo menos R$ 194 mil por dia com publicidade.

Jornal Midiamax