Igual ao gato do experimento de Erwin Schrödinger, pré-candidatura à Prefeitura de Campo Grande supostamente armada no feriadão deve ser simultaneamente ‘falsa’ e ‘verdadeira’.

Assim, as conversas atenderiam aos interesses de ao menos dois grupos políticos distintos que atuam momentaneamente próximos. Segundo articuladores dos dois lados, a conversa é de acordo até as eleições municipais de 2024.

Nas aparências protocolares, dizem que um acordo pelo cargo de vice atenderia um dos lados. No entanto, todos teriam ciência de que não há a menor chance de caminharem juntos ‘de verdade’.

Falar da cadeira de vice, mirar na cadeira de prefeito

Além disso, quem teria aceitado expor o nome só para dividir forças de pré-candidatura adversária aos dois lados, estaria de olho mesmo é em concorrer de verdade.

Aspiração de pivô do acordo seria a titularidade do executivo desde mandato recente do qual participou em função estratégica.

Para isto, aposta no sobrenome e em supostos arranjos político-empresariais que já teriam faz tempo a intenção de garantir caixa para o voo solo.

Mas, para explicar o tal acordo ensaiado no feriadão, tem gente jurando que é uma estratégia para conter quem está com a caneta na mão. Criaram, assim, a ‘pré-candidatura de Schrödinger’ para Prefeitura de Campo Grande em 2024.

“Por enquanto todos ganham, porque o nome é uma forma de atrapalhar a mobilização no Paço Municipal. O grupo tem muita gente lá e outra pré-candidatura fará todos pensarem antes de pular numa canoa”, explica quem acompanha movimentação.

O Gato de Schrödinger e a pré-candidatura que é e não é ‘pra valer’

Tal qual o gato usado em 1935 pelo cientista Erwin como exemplo para situação de superposição quântica, a pré-candidatura combinada seria, neste momento, ‘pra valer’ e ‘enrolação’.

No experimento, o chamado ‘Gato de Schrödinger’ seria colocado em uma caixa com veneno e um mecanismo quântico que poderia quebrar ou não o frasco da substância.

Assim, até abrirmos a caixa, o gato estaria, teoricamente, num estado de ‘superposição quântica’ em que vivo e morto seriam um só estado. Complicado né?

No entanto, na ‘pré-candidatura de Schrödinger’ a situação seria mais simples.

“A ideia é manter o discurso de pré-candidatura meio como balão de ensaio. Mas, internamente, já é dado como certo que deve rolar. Vamos ter candidaturas fortes para vereador e não perdemos nada”, explica membro do diretório.

Por lá, pré-candidatos à vereança em Campo Grande disputam espaço e dinheiro no tapa.

Assim, caso o combinado no feriadão evolua, um dos lados pode, na verdade, embalar agora a pré-candidatura que acabaria enfrentando de verdade nas eleições de 2024 em Campo Grande.

Sabe de algo que o público precisa saber? Fala pro Midiamax!

Se você está por dentro de alguma informação que acha importante o público saber, fale com jornalistas do Jornal Midiamax!

E você pode ficar tranquilo, porque nós garantimos total sigilo da fonte, conforme a Constituição Brasileira.

Fala Povo: O leitor pode falar direto no WhatsApp do Jornal Midiamax pelo número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Se preferir, você também pode falar com o Jornal direto no Messenger do Facebook.

Saiba Mais