O PT (Partido dos Trabalhadores) faz evento nesta quinta-feira (5) para lançar a pré-candidatura da deputada federal à prefeitura de Campo Grande em 2024. O evento acontece na sede do partido após o anúncio ser adiado por disputa interna com mais três filiadas que também colocaram o nome na disputa.

No entanto, o motivo informado oficialmente foi a tentativa da vinda de uma liderança nacional para o anúncio. Porém, Gleisi Hoffmann, presidente do PT (Partido dos Trabalhadores), passo por cirurgia e não poderá comparecer.

Presidente municipal do partido, Agamenon Rodrigues disse que até novembro tentará realizar agenda com lideranças nacionais. O compromisso agora é lançar a pré-candidatura. “Vamos apresentar nosso nome à sociedade e depois formar alianças fora do partido para definir o vice. Até novembro faremos outra agenda com a presença da liderança nacional”, assegurou.

Disputa

No último dia 23 de setembro, o partido chegou a alugar a Câmara de Campo Grande para a plenária. A ideia era lançar Camila Jara no evento. Porém, além da deputada federal Camila Jara, a advogada Giselle Marques e a professora Bartolina Catanante prosseguiram com o interesse no pleito pelo Executivo de Campo Grande. Após impasse e reunião nos bastidores da plenária, foi decidida a criação de um ‘projeto de mulheres’.

A plenária contou com a participação dos deputados estaduais e Gleice Jane, além da vereadora Ribeiro. Principais lideranças do MS, o deputado federal Vander Loubet e o deputado estadual Zeca do PT, não compareceram ao evento.

Saiba Mais