O ex-vereador de Campo Grande, Luiz Antônio Ojeda, aos 61 anos, faleceu na sexta-feira (27) no El Kadri após duas semanas internado. 

Segundo informado pelo filho, Luiz Henrique Ojeda, o ex-vereador havia entrado no hospital andando, porém, com a respiração muito aguçada. “Uma pessoa comum respira 6 vezes por minuto, ele respirava 50”, contou. 

O filho contou que Ojeda deu entrada no hospital com insuficiência respiratória, evoluiu para cardíaca, depois renal e teve de entubar. “Foi parando os órgãos e uma parada cardíaca o levou. Teve múltiplas dos órgãos”, explicou. 

“Um ser humano único que sempre estendeu a mão ao próximo, jamais se convergiu a desonestidade, por isso pagou muito caro na política e se reencontrou no funcionalismo público, sua inteligência o fez passar em um concurso do TJ em meados dos anos 2010 e daí em diante viveu a vida longe dos holofotes, porém sempre tendo dificuldades em se tratando de saúde”, relembrou o filho.

(Arquivo pessoal)

Luiz Antonio Ojeda

Ojeda foi sindicalista, fundador da SINTTEL (Sindicado dos Trabalhadores em Telecomunicações do MS) em 1988. Formado em História e Direito, teve conquistas expressivas se tornando vereador em 1996 pelo PT (Partido dos Trabalhadores).

Durante os anos 1999 a 2002, foi presidente do Esporte Clube Comercial, no qual obteve grandes feitos para o esporte.  

O velório e sepultamento ocorrem na manhã deste sábado (28) no Cemitério Jardim das até as 10h.

Saiba Mais