Se PSDB fechar com MDB por Simone, ninho tucano em MS deve seguir apoio, diz Eduardo Rocha

A senadora Simone Tebet é pré-candidata do MDB para presidente da República
| 09/06/2022
- 10:54
Simone
Secretário de Governo, Eduardo Rocha fala sobre apoio a Simone Tebet. - (Foto: Nathalia Alcântara, Jornal Midiamax).

Secretário de Governo e Gestão Estratégica de , Eduardo Rocha (MDB) comentou sobre a possível coligação entre PSDB e o seu partido em torno da pré-candidatura de Simone Tebet (MDB) à presidência da República.

Para ele, se houver parceria nacional, como está sendo levantada há semanas, o de Mato Grosso do Sul deve apoiar a senadora em sua tentativa ao Palácio do Planalto.

Na quarta-feira (8), foi anunciado que o ninho tucano nacional receberá, nesta quinta-feira (9), proposta de coligação do MDB em apoio à parlamentar sul-mato-grossense. Se for fechada, a negociação deve ser oficializada em breve.

Indagado a respeito do apoio que o pré-candidato Eduardo Riedel (PSDB) comenta em torno da tentativa de reeleição de Jair Bolsonaro (PL), o secretário minimizou eventuais problemas.

"Eu acredito que o MDB fechando a aliança nacionalmente com o PSDB, a qual deve ser fechada hoje, o PSDB de Mato Grosso do Sul e o MDB devem apoiar a senadora Simone".

Apoio a Simone

Acrescenta que estará '100% com Simone', com quem é casado, caso a senadora confirme a candidatura para presidente da República. Entre MDB e PSDB, Eduardo Rocha acredita que não haverá divisão.

“As pessoas são livres pra apoiar um como outro. Eu estou focado na gestão, não estou fazendo política. Deixando claro que, meu apoio, é ao Reinaldo e não ao Riedel. Eu trabalho para o governador".

Negociação entre PSDB e MDB

Anteriormente, o PSDB chegou a condicionar o apoio à pré-candidata sul-mato-grossense em troca das candidaturas ao Governo do Estado de MS, PE e RS. Ou seja, o que faria o MDB desistir de nome próprio no Estado.

No entanto, MS logo foi descartado das negociações, já que a própria senadora Simone afirmou que André Puccinelli era seu candidato em Mato Grosso do Sul”.

Em sua conta no Twitter, a parlamentar publicou, após anúncio de possível coligação, que 'mais um passo' foi dado em 'direção à união do centro democrático'. "O MDB, PSDB e Cidadania caminham para um momento histórico a favor da reconstrução do Brasil".

Veja também

Acorda! Depois de usar cores da pré-campanha de outra pré-candidata, participante da corrida eleitoral em...

Últimas notícias