Marquinhos avisa que deixa Prefeitura de Campo Grande para Adriane em abril

Anúncio foi feito nesta quarta na abertura do ano legislativo
| 02/02/2022
- 14:16
Prefeito Marquinhos Trad (PSD) durante discurso nesta quarta-feira (2)
Prefeito Marquinhos Trad (PSD) durante discurso nesta quarta-feira (2), na Câmara Municipal de Campo Grande. - (Foto: Henrique Arakaki, Jornal Midiamax, Arquivo)

Em seu discurso na sessão inaugural da Câmara Municipal de Campo Grande, nesta quarta-feira (2), o prefeito (PSD) avisou que, em 2 de abril, entrega o comando da prefeitura a sua vice-prefeita, Adriane Lopes (Patriota).

O assunto é especulado desde 2021 e o próprio chefe do Executivo municipal já falava em 'avaliar' a possibilidade, indicando que disputaria as eleições de 2022 para governador de Mato Grosso do Sul. O presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, também o coloca como pré-candidato.

"No dia 2 [de abril] não é só aniversario do presidente, mas nós estaremos aqui, eu e você [Adriane], entregando com a permissão do povo de Campo Grande a condução administrativa, para que você possa, juntamente com essa harmonia que construímos, dar sequência ao nosso programa de governo". A data citada é o prazo limite, que são seis meses antes das eleições, para afastamento do Executivo municipal, em caso de decisão pela disputa.

Ainda em seu discurso, comentou que, em abril, 'alguns chegam, outros saem' e, desta forma, se 'desenha o ano de 2022' e que, se fosse corrida de revezamento, passaria o 'bastão' para a vice-prefeita. Possíveis candidatos a vice-governador de sua chapa ainda não são citados ou comentados. Até então, Marquinhos dizia que estava focado na administração de Campo Grande e que, somente no começo deste ano, falaria sobre o assunto.

 

Veja também

Relator da Comissão Processante votou pelo arquivamento do processo, que recebeu dois pareceres favoráveis para continuação

Últimas notícias