Política

Marquinhos é principal nome do PSD para disputar governo em 2022, diz Nelsinho

Prefeito afirma que, por enquanto, foco é Campo Grande

Mayara Bueno Publicado em 20/07/2021, às 10h55

Prefeito Marquinhos Trad com o senador Nelsinho Trad, em Brasília.
Prefeito Marquinhos Trad com o senador Nelsinho Trad, em Brasília. - (Foto: Divulgação, Arquivo)

Presidente do PSD em Mato Grosso do Sul, o senador Nelsinho Trad afirma que a principal pessoa para disputar o Governo de Mato Grosso do Sul pelo partido é o irmão, o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad. Segundo o parlamentar, a reeleição em primeiro turno, em 2020, e o trabalho feito na cidade dão ao atual chefe do Executivo municipal os requisitos. 

"[Ele é] Quem está na linha de frente, está indo bem em Campo Grande. É uma pessoa competitiva, não tem medo de entrar no ringue e preenche os requisitos", disse Nelsinho, ponderando que, 'para saber mesmo, temos de aguardar'. Ele se refere às regras eleitorais, além da própria decisão, a qual classifica de 'solitária', do irmão. Se Marquinhos decidir disputar o Governo do Estado, precisará renunciar o atual cargo até março de 2022.

Procurado pela reportagem, o prefeito de Campo Grande disse o que sempre costuma falar quanto às especulações eleitorais. "Estou pensando na cidade. Eu nunca economizei expectativa e palavra, como aqueles que falavam que não iam ser candidato, mas todo mundo sabia que iam ser", afirmou para explicar que, no caso dele, o pensamento em torno de candidatura realmente ainda não seria realidade.

"Meu foco é Campo Grande, busquei reeleição, pois não tinha conseguido concluir tudo que esperava. Não penso, nesse momento de tempo, em outra coisa a não ser cuidar da cidade". Marquinhos não descarta a possibilidade, no entanto, já que diz que está rezando para definir planos para 2022. "Alguns ironizam, mas estou orando. Se eu sentir a presença do espírito santo, vou submeter meu nome".

Jornal Midiamax