Redação final da LDO de 2023 com receita de R$ 22 bilhões é aprovada e segue para sanção

Valor representa aumento de 19,24% em relação ao ano passado
| 06/07/2022
- 16:09
Alems
Alems vai apreciar projeto que altera teto de gastos do Poder Executivo. Foto: Luciana Nassar

O Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias foi aprovado com 20 votos favoráveis e nenhum contrário, durante a sessão plenária da Assembleia Legislativa, desta quarta-feira (06). A proposta do Poder Executivo foi pautada na ordem do dia da Casa de Leis e agora seguirá para sanção do governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

A LDO apresentou uma estimada de R$ 22,03 bilhões para o próximo ano, representando 19,24% a mais sobre os R$ 18,475 orçados para o atual exercício. Conforme o relator da LDO, a proposta foi aprovada apenas com uma emenda parlamentar destinada a defensoria pública e é de autoria do deputado Paulo Côrrea (PSDB). As demais foram rejeitadas na CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação).

Antes de ser colocado em votação, o passou pela análise ainda em plenário, pela Comissão de Finanças e Orçamento, tendo relatoria positiva e aprovado pelos membros.

LDO

A LDO estabelece metas e prioridades da Administração pública, orienta a elaboração da lei orçamentária estadual e dispõe sobre a política de aplicação das agências financeiras oficiais de fomento e sobre as alterações na legislação tributária.

Veja também

Projeto já recebeu três pedidos de vistas e está na ordem do dia desta quinta-feira (11)

Últimas notícias