Diálogo existe e decisão sobre candidato do PL ao Governo de MS passará por Bolsonaro, afirmam deputados

Capitão Contar e João Henrique Catan se colocam à disposição para disputar o Executivo do Estado
| 23/02/2022
- 17:23
Deputados afirmam que mantêm conversa amigável.
Deputados afirmam que mantêm conversa amigável. - Foto: Arquivo Midiamax.

Deputados de que se colocam como pré-candidatos ao Governo de Mato Grosso do Sul pelo PL, e João Henrique Catan afirmaram que existe conversa entre os dois e que eventual decisão sobre candidatura passará pelo presidente Jair Bolsonaro (PL).

Na terça-feira (22), Contar postou em suas redes sociais que se coloca à disposição como pré-candidato ao Governo do Estado. Ao Jornal Midiamax, disse, nesta manhã, que a pretensão é se filiar ao PL quando a janela partidária abrir — o mecanismo da Justiça Eleitoral começa em 3 de março.

"O presidente anunciará oportunamente quem serão seus apoiadores em cada estado do Brasil. Meu nome está à disposição e ele [presidente] sabe disso. Com o João Henrique, estamos muito bem conversados que apoiaremos um ao outro, seja em qual cargo for".

No mesmo sentido, o deputado João Henrique afirmou que há sempre conversas e que os integrantes do PL não 'medirão o tamanho e alcance dos sonhos de ninguém'. "Nosso foco será a reeleição do presidente e a acomodação dos espaços demonstrando maior unidade, maturidade e equilíbrio".

PL em MS

Até o momento, a Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul) tem apenas o deputado estadual João Henrique Catan. O parlamentar afirmou anteriormente que almeja candidatura para o cargo de governador.

Veja também

O juízo da Vara de Falências, Recuperações, Insolvências e Cartas Precatórias Cíveis de Campo Grande...

Últimas notícias