Após o deputado federal Beto Pereira (PSDB) aparecer em lista do Diap (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar) como pré-candidato a prefeito em Campo Grande, a presidência municipal do partido estranhou o posicionamento e reafirmou apoio ao candidato à reeleição, Marquinhos Trad (PSD).

O presidente municipal, João César MattoGrosso, disse não saber os motivos do nome de Pereira na lista do Diap. “Não estou sabendo, vou procurar saber”.

Questionado sobre o apoio a Trad, o vereador de Campo Grande disse estar mantido. “Por hora tudo na mesma. Manteremos”.

Porém, a assessoria do deputado federal respondeu à reportagem do Jornal Midiamax. “Meu nome sempre esteve e estará à disposição do partido para fomentar o debate para um projeto para a Capital”.

Contudo, no relatório, o nome de Beto Pereira e Dagoberto Nogueira (PDT) aparecem como pré-candidatos. 

Para disputar a prefeitura de Campo Grande, Dagoberto devolveu na última semana, o comando do PDT em Mato Grosso do Sul a João Leite Schimidt, que deverá inclusive coordenar sua campanha.

Dagoberto estava na presidência do partido desde julho de 2018, quando Schimidt se afastou para coordenar a campanha do juiz federal aposentado Odilon de Oliveira, como candidato a governador do Estado.