Política

Subsecretário de Políticas para Juventude deixa cargo para disputar eleições

Thiago de Freitas Santos foi exonerado nesta quinta-feira

Joaquim Padilha Publicado em 12/07/2018, às 10h54 - Atualizado às 16h48

Subsecretário Thiago de Freitas Santos, ao microfone (Reprodução: SECC)
Subsecretário Thiago de Freitas Santos, ao microfone (Reprodução: SECC) - Subsecretário Thiago de Freitas Santos, ao microfone (Reprodução: SECC)
Subsecretário de Políticas para Juventude deixa cargo para disputar eleições
Subsecretário Thiago de Freitas Santos, ao microfone (Reprodução: SECC)

O subsecretário de Políticas Públicas para Juventude de Mato Grosso do Sul, Thiago de Freitas Santos, foi exonerado do cargo nesta quinta-feira (12). Ele estava lotado no gabinete da vice-governadora, Rose Modesto (PSDB).

Thiago, que já atuou na Juventude do PSDB de Mato Grosso do Sul e hoje é filiado ao PPL, pretende disputar um cargo nestas eleições, conforme informado pela Subsecretaria. O ingresso do jovem na disputa eleitoral será para a vaga de senador. 

Por ser servidor comissionado, o subsecretário precisa deixar o cargo três meses antes das eleições se quiser se candidatar, conforme o prazo de desincompatibilização definido pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Ainda conforme informado pela Subsecretaria, o secretário de Estado de Cultura e Cidadania, Athayde Nery, deve assumir também a coordenação da pasta de Políticas de Juventude.  A designação oficial, entretanto, ainda não foi publicada.

Thiago assumiu o posto de subsecretário de Políticas da Juventude ainda em 2015, no primeiro ano do mandato de Reinaldo Azambuja (PSDB), quando a pasta ainda era vinculada à Sedhast (Secretaria de Estado de Direitos Humanos).

Além da exoneração de Thiago, outras quatorze exonerações de servidores foram publicadas no Diário Oficial desta quinta-feira. Para consultá-las, clique aqui.

Jornal Midiamax