Política

Ex-secretária de Puccinelli entrega cargo no Governo Dilma na segunda

No dia 29 o PMDB deixou a base aliada

Jessica Benitez Publicado em 01/04/2016, às 21h36

None
tania_garib.jpg

No dia 29 o PMDB deixou a base aliada

A ex-secretária Estadual de Assistência Social, Tânia Mara Garib, que ocupa a secretaria nacional de Interlocução e Mobilidade Social do Ministério da Agricultura, colocou o cargo à disposição da ministra Kátia Abreu esta semana, após rompimento do PMDB com a presidente da República, Dilma Rousseff (PT) e deve pedir demissão na próxima segunda-feira (4).

O senador Waldemir Moka conversou com Tânia que explicou estar esperando a titular da Agricultura retornar de viagem para solicitar exoneração. O parlamentar aproveitou para explicar que não a indicou ao cargo, apenas sanou dúvidas de Kátia acerca da ex-secretária que atuou na gestão do ex-governador do Estado, André Puccinelli (PMDB).

“Ela me autorizou a dizer que colocou o cargo à disposição. Ela me disse que foi até a executiva, mas está a esperando voltar de viagem para falar pessoalmente, já que recebeu o convite para assumir o trabalho pessoalmente”, disse. “A Tânia foi indicação da própria Kátia que conhecia o trabalho dela do Fórum Nacional de Assistência Social, eu apenas fiz justiça, nunca quis indicar, mas não podia desabonar seu trabalho”.

No dia 29 o PMDB deixou a base aliada ao governo Federal e, por isso, segundo ata assinada em reunião pela executiva nacional, todos os cargos e Ministérios devem ser entregues. A reportagem tentou contato com Tânia, mas até a publicação desta matéria não obteve resposta. 

Jornal Midiamax