Política

Reinaldo reafirma compromisso com a saúde e faz convênio com o HC

Credibilidade na aplicação de recursos marca novo tempo de HC Alfredo Abraão, segundo políticos

Midiamax Publicado em 03/05/2015, às 19h00

None
repasse_hospital.jpg

Credibilidade na aplicação de recursos marca novo tempo de HC Alfredo Abraão, segundo políticos

Na chegada para o ‘Leilão da Vida’, realizado na Expogrande 2015, no domingo (3) em prol do Hospital do Câncer Alfredo Abraão, o governado Reinaldo Azambuja enfrentou a sabatina dos microfones e fez questão de citar aos jornalistas a importância que a sua gestão quer dar à Saúde Pública. Como símbolo disso, ele também falou da Caravana da Saúde que teve da primeira para a segunda edição um aumento de 50% das cirurgias promovidas. Reinaldo aproveitou a cerimônia para enfatizar que a Saúde é uma prioridade na sua gestão, a qual pretende humanizar a área

Segundo o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), o Hospital do Câncer Alfredo Abrão pode se tornar referência nacional no tratamento da patologia. A crença dele é confirmada não só pelas palavras que disse no ‘Leilão pela Vida’, realizado na tarde do domingo (3), como evento da Expogrande 2015, mas pela assinatura de dois convênios com a instituição. Um dos documentos avaliza o repasse da Administração Estadual de R$ 1,2 milhões para as obras de reforma dos pavimentos térreo e sub-solo da instituição, enquanto o outro prevê uma participação mensal de R$ 100 mil para a entidade. 

“É um engajamento de todos a restituição da imagem do Hospital Alfredo Abraão, porque é uma instituição símbolo do nosso Estado e que atende pessoas de Campo Grande, do Interior, assim como pacientes de todo o Brasil. Temos hoje na instituição uma Diretoria competente, com capacidade de privilegiar a transparência que dá ao Governo e a Prefeitura toda a tranqüilidade para se destinar recursos”, valorizou Reinaldo que ficou emocionado durante o discurso ao lembrar-se do pai. 
O governador aproveitou a cerimônia para enfatizar mais uma vez que a Saúde é uma prioridade na sua gestão, a qual pretende humanizar a área. De acordo com Reinaldo, colaborar com a reforma do Hospital do Câncer Alfredo Abraão era uma das suas prioridades para 2015,  enquanto outra medida que espera para o segmento seria o Hospital do Trauma de Campo Grande. 

Sobre a segunda meta, o governador valorizou o empenho do prefeito de Campo Grande Gilmar Olarte (PP), com quem tem estudado ações para tornar o empreendimento uma realidade. Também presente no leilão, acompanhado da primeira dama, Andreia Olarte, o chefe do Executivo Municipal fez questão de lembrar o aumento do repasse feito ao Hospital do Câncer Alfredo Abraão em sua gestão.

“Quando assumi o dinheiro que era repassado da Prefeitura para o hospital era praticamente irrisório, algo que não chegava a R$ 20 mil por mês. Hoje em dia destinamos R$ 400 mil e temos a certeza de que é uma verba bem aplicada pela importância que a instituição tem nesse tipo de atendimento. Essa parceria do Poder Público com a entidade mostra o novo momento de credibilidade da nova gestão e serve como incentivo a todos os doadores do projeto”, falou Olarte no ‘Leilão pela Vida’.

Ponte em Brasília

Integrante da CPI das Próteses na Câmara dos Deputados, o deputado federal por Mato Grosso do Sul, Geraldo Resende (PMDB), elogiou o evento para a captação de recursos promovido pelo hospital e disse que o leilão consegue o sucesso devido a credibilidade implementada pela Diretoria da entidade. 

“É um exemplo de como uma gestão mais transparente e com eficiência pode recuperar a melhor aplicação de investimentos, assim como  a imagem da instituição. Precisa acontecer a mesma coisa no Sistema Único de Saúde e pretendemos fazer da investigação que está sendo realizada no Congresso um marco regulatório para o fim do desvio de recursos públicos nos hospitais. Um de nossos relatórios aponta que 70% das cirurgias de coluna pagas pelo Governo poderiam ser evitadas com Fisioterapia”, citou Resende.

Delcídio do Amaral (PT-MS), o líder do Governo no Senado, recebeu tratamento especial no leilão, com atenção particular na sua chegada pelo dada pelo governador, Reinaldo Azambuja. A Administração Estadual pretende a colaboração de toda a bancada federal do Estado para o destravamento de repasses da União que já estariam aprovados, mas que ainda não chegaram a Mato Grosso do Sul. 

“O Leilão pela Vida mostra o compromisso social da Expogrande com uma causa nobre, uma causa que vai além de qualquer gestão, de qualquer Governo porque é algo de atendimento fundamental à população. Estamos em um dos eventos mais importantes do Estado e com o apoio à uma das principais instituições de Mato Grosso do Sul. Uma entidade que pode estando bem estruturada estar no mesmo nível dos principais hospitais do Brasil nessa especialidade”, afirmou Delcídio que também é o presidente da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado. 

Jornal Midiamax