Edil entrega cargo e Olarte tenta encontrar terceiro líder na Câmara

Peemedebista deixou cargo após emplacar Prodes
| 22/05/2015
- 14:02
Edil entrega cargo e Olarte tenta encontrar terceiro líder na Câmara

Peemedebista deixou cargo após emplacar Prodes

O vereador Edil Albuquerque (PMDB) deve entregar nos próximos dias a função de líder do prefeito (PP) na Câmara. Não é de hoje que o peemedebista vem dizendo que deixará o posto. Ele esperou apenas a votação dos projetos do Prodes para dizer ao prefeito que não pretende continuar.

O vereador explicou ao Midiamax que assumiu a liderança do prefeito para emplacar as dezenas de projetos do Prodes que ficaram travados na gestão passada. Com a aprovação, ele entende que cumpriu a missão e não pretende continuar.

Edil enfrenta problemas dentro do PMDB por conta da liderança. A presidente municipal do PMDB, Carla Stephanini, já saiu da base e anunciou independência. Porém, o partido é muito criticado por dizer que não é da base e ter Edil como líder do prefeito.

Com o pedido de Edil, o prefeito já começou a procurar um substituto. Carlão (PSB) foi um dos convidados, mas não deve aceitar. O vereador não é dos mais calmos e, certamente, enfrentaria problemas na condução da liderança. Além disso, pesa o fato dele sempre ter deixado claro que a qualquer momento poderia declarar independência e do partido ter a intenção de lançar candidatura própria em Campo Grande no ano que vem.

O vereador João Rocha (PSDB) foi o primeiro líder de Olarte na Câmara, mas abriu espaço para Edil. Porém, assim como Rocha, Edil não cumpriu muito bem a função de líder do prefeito. Foram raras as vezes que ele se meteu em debates mais acalorados para defender a gestão. Na maioria dos embates a oposição discursou sozinha, inclusive com apoio de alguns que se diziam da base. 

Veja também

Últimas notícias