Política

Puccinelli diz que ‘demissões’ foram resposta para escândalos na área da saúde

O governador André Puccinelli (PMDB) afirmou, na manhã desta terça-feira (2), que a resposta para os escândalos na área de saúde está “Diário Oficial do Estado”. Na edição de hoje, decretos do governador exoneraram dos cargos a secretária estadual de Saúde, Beatriz Dobashi, e do diretor-presidente do Hospital Regional e da Fundação Estadual de Saúde, […]

Arquivo Publicado em 02/07/2013, às 13h36

None
111812222.jpg

O governador André Puccinelli (PMDB) afirmou, na manhã desta terça-feira (2), que a resposta para os escândalos na área de saúde está “Diário Oficial do Estado”. Na edição de hoje, decretos do governador exoneraram dos cargos a secretária estadual de Saúde, Beatriz Dobashi, e do diretor-presidente do Hospital Regional e da Fundação Estadual de Saúde, Ronaldo Perches Queiroz.


Durante o evento alusivo ao Dia do Corpo de Bombeiros, o governador ficou em silêncio e evitou comentar a demissão de Beatriz, que integrou sua equipe desde que assumiu a prefeitura de Campo Grande em 1997.


Após a insistência da imprensa sobre o escândalo, no qual a secretária articula com Ronaldo a retirada dos aceleradores lineares para a radioterapia da Santa Casa e Hospital Universitário para beneficiar o Hospital do Câncer, comandado na época pelo médico Adalberto Siufi, o governador ficou calado. Ele chegou a brincar que não comentaria nada porque hoje é seu aniversário. Puccinelli completa 65 anos nesta terça-feira.


O governador também disse que vai estudar para definir quem vai comandar a Secretaria Estadual de Saúde, a Funsau e HR.

Jornal Midiamax