O prefeito (PP) anunciou, nesta quinta-feira (7), o nome do desembargador aposentando, Luiz Carlos Santini, para comandar a Procuradoria-Geral do Município. A nomeação deverá ser publicada na próxima edição do Diário Oficial de Campo Grande (Diogrande).

Após conversa com Bernal, Santini disse que todas as ações da procuradoria vão priorizar a política voltada para atender o cidadão.

“Campo Grande, é uma cidade bonita e agradável para viver. O que precisamos é reforçar as ações de humanização, que é a proposta do prefeito e, pensando da mesma maneira, me senti honrado com o convite de Alcides Bernal, que reconheceu o meu trabalho e me conferiu essa responsabilidade, a qual terá minha integral dedicação”, disse Santini.

O Procurador-Geral do Município exerce as funções estratégicas de planejamento, orientação, coordenação, controle e revisão no âmbito de sua atuação, de modo a oferecer condições de tramitação mais rápida de processos na esfera administrativa e decisória.

Também cabe a ele prestar consultoria jurídica aos órgãos e entidades da administração e representar judicial e extrajudicialmente o Município, visando garantir a legalidade dos atos administrativos.

Currículo

Santini formou-se em Direito pela Instituição Toledo de Ensino em Bauru, em 1968, depois, concluiu especializações na USP e na PUC em Direito Administrativo e Direito Tributário.
Ingressou na Magistratura, como Juiz de Direito da 1ª Vara Cível da Comarca de Aparecida do Taboado, em 1977.

Foi promovido, por merecimento, para a 1ª Vara Cível da Comarca de Aquidauana, de 2ª Entrância, em 1980. Depois, por antiguidade, para a 2ª Vara Cível na Comarca de Campo Grande.

Em 1991, virou desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS). Exerceu o cargo de Presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS), no biênio 2009/2011. E, antes de se aposentar, foi presidente do TJ-MS. (Com informações da assessoria)