Política

André Puccinelli está na lista dos governadores que serão julgados pelo TSE, diz jornal

Grande parte dos processos são de acusações de abuso de poder político e econômico e uso indevido de meios de comunicação

Arquivo Publicado em 29/11/2011, às 11h25

None

Grande parte dos processos são de acusações de abuso de poder político e econômico e uso indevido de meios de comunicação

O Estadão, na edição desta terça-feira (29), publicou que o governador André Puccinelli (PMDB) está na lista do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), entre onze governadores que estão sendo processados por irregularidades durante campanhas eleitorais. Três governadores já foram cassados nos últimos anos, por situações semelhantes.


Grande parte dos processos são de acusações de abuso de poder político e econômico e uso indevido de meios de comunicação.


A previsão é que o TSE defina ainda esta semana o futuro político do governador de Roraima, Anchieta Júnior (PSDB), que está sendo acusado por Neudo Campos de abuso de poder e uso indevido dos meios de comunicação na eleição do ano passado.


Irregularidades


Em todos os casos, as defesas negam as supostas irregularidades. E, os governadores que forem cassados poderão se tornar inelegíveis.


Além disso, com base na lei da Ficha Limpa, alguns governadores poderão ser barrados em outras eleições.


Cassados


Jackson Lago (PDT, Maranhão, Marcelo Miranda (PMDB, Tocantins) e Cássio Cunha Lima (PSDB, Paraíba) recentemente tiveram seus mandatos de governadores cassados.


Mesmo com a Lei da Ficha Limpa, Cunha Lima e Miranda disputaram em 2010 uma cadeira no Senado e Lago concorreu ao governo maranhense. A lei veda a candidatura de políticos cassados.

Jornal Midiamax