Política

Dono de empresa prestadora de serviços ao Estado é o maior doador individual na campanha de Puccinelli

A campanha eleitoral do governador reeleito André Puccinelli, do PMDB, consumiu R$ 17.801.478,10, segundo dados divulgados hoje pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Empreiteiras, usinas e bancos financiaram a campanha de Puccinelli. O maior doador individual da campanha de Puccinelli, diz o TSE, é João Roberto Baird, dono da Itel Informática, que desembolsou R$ 1,7 milhão. […]

Arquivo Publicado em 02/11/2010, às 19h53

None

A campanha eleitoral do governador reeleito André Puccinelli, do PMDB, consumiu R$ 17.801.478,10, segundo dados divulgados hoje pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Empreiteiras, usinas e bancos financiaram a campanha de Puccinelli.

O maior doador individual da campanha de Puccinelli, diz o TSE, é João Roberto Baird, dono da Itel Informática, que desembolsou R$ 1,7 milhão.

Já a empresa de Baird, uma das maiores prestadoras de serviço do governo estadual, fez uma doação de meio milhão de reais. Puccinelli, segundo relatório do TSE, desembolsou R$ 40 mil pela sua campanha.

E o produtor rural Antonio Moraes dos Santos doou R$ 950 mil. O filho dele, Antonio Júnior, também ligado ao segmento rural ajudou a campanha de Puccinelli com R$ 50 mil.

O Banco Rural S/A, segundo dados do TSE, doou R$ 500 mil e o BMG, R$ 300 mil.

A H2L Equipamentos e Sistemas Ltda, prestadora de serviço do governo estadual e também da Assembleia Legislativa, fortaleceu a campanha do governador reeleito com R$ 250 mil. A Digithal Brasil Soluções em softwarre ltda doou outros R$ 250.000,00.

As usinas Laguna, Naviraí e Eldorado, doaram, juntas, R$ 1.059.000,00.

A Engepar, Engenharia e Participações Ltda, doou R$ 100 mil, quantia igual à doada pela Asfaltec Tecnologia em Asfalto Ltda.

Ainda de acordo com o levantamento do TSE, disponível na internet a partir desta terça-feira, Puccinelli recebeu R$ 4.290.000,00 do diretório estadual do PMDB.

Até a publicação desse material não aparecia no site do TSE a prestação de contas do ex-governador Zeca do PT, adversário de Puccinelli.

Hoje é o último dia da entrega do relatório contábil dos partidos, comitês e candidatos.

Jornal Midiamax