Um casal, sendo um homem de 19 anos e uma mulher de 27, foi preso neste domingo (14), em , a 351 quilômetros de , acusados da morte de Josué Areve Martins, de 28 anos, que teve a cabeça e os braços decepados.

O casal ainda teria jogado a cabeça da vítima no Rio Panduí, nos fundos da aldeia. O Corpo de chegou a ser acionado para ajudar nas buscas pela cabeça de Josué. Mas, devido às chuvas, não foi possível a localização. Os trabalhos deem ser retomados nesta segunda-feira (15).

Segundo informações passadas pela delegada, Alana Tíssia, ao site Gazeta News, o da perícia vai concluir a apuração da possível mecânica e o instrumento utilizado para a prática do crime.