Um homem, de 38 anos, foi sequestrado por uma garota de programa após sair de uma balada na Rua Dom Aquino, em Campo Grande, na madrugada de sábado (20). Ele procurou a polícia somente nesta terça-feira (23) para registrar boletim de ocorrência.

A vítima estava em um Volkswagen Gol – de propriedade da sua mãe – e quando passou pela Rua Dom Aquino, avistou uma mulher e parou na esquina com a Joaquim Nabuco.

Os dois conversaram e combinaram que a mulher iria arrumar uma garota de programa para o homem. Em seguida, ela entrou no veículo e os dois foram até uma residência na Vila Nhá Nhá.

Na casa, ele conheceu a garota de programa e saiu de carro com ela dirigindo o veículo. O homem foi levado para um sobrado, onde subiu até o quarto e a garota saiu dizendo que buscaria outra pessoa – também garota de programa.

Então, a vítima ficou no quarto na companhia de um rapaz, por volta das 10 horas da manhã aguardando. Contudo, a garota demorou para retornar e a vítima resolveu sair à procura dela, porém foi impedida.

Durante todo o tempo em que ficou esperando pela garota, o homem foi proibido de sair do quarto e percebeu que a todo momento estava sendo cuidado pelo rapaz. A vítima disse que escutou várias conversas na parte inferior do sobrado, acreditando que mais de uma pessoa estaria por ali. 

A garota retornou às 16 horas, sem o carro e dizendo que ele foi apreendido pela polícia. Com isso, a vítima quis sair para resolver e a garota mudou a versão, dizendo que o veículo teria sido roubado. O homem quis sair, mas foi impedido novamente, sendo informado que só sairia no dia seguinte.

Ainda conforme o registro policial, o homem disse que usou cocaína durante o tempo que ficou aguardando pela garota.

Somente nessa segunda-feira (22), às 11 horas da manhã, ele conseguiu sair da casa, porém sem o carro. 

O caso foi registrado como “furto qualificado com abuso de confiança, ou mediante fraude, ou escalada e destreza”, “furto qualificado mediante concurso de pessoas” e “sequestro e cárcere privado”.