Os Policiais Rodoviários Federais de em uma assembleia ocorrida nesta terça-feira (24) decidiram por unanimidade aprovar o estado de Alerta. A mobilização da categoria aconteceu depois do cancelamento de reunião no dia 17 deste mês.

O estado de alerta, segundo o Sinprf/MS (Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais do Mato Grosso do Sul), significa uma campanha de mobilização de atividades que serão propostas pelo sindicato como intensa campanha midiática mostrando a importância e os resultados do trabalho realizado pelos policiais no Estado, como apreensões de drogas, armas, munições e descaminhos, união em torno da pauta de restruturação da carreira e plano de saúde e manifestações pontuais em postos da PRF (Polícia Rodoviária Federal).

A decisão aconteceu após o cancelamento da reunião da mesa de negociação permanente do com o sistema sindical agendada para o dia 17 deste mês, e cancelada no dia anterior.

Também foi votado pela não contribuição sindical imposta pelo Governo e que foi extinta em 2017 com desconto em folha de pagamento de um dia de e pela não contribuição assistencial, que será descontada mensalmente.

O presidente do sindicato, Wanderley Alves dos Santos, disse que as assembleias devem acontecer em todos os estados, sendo o Mato Grosso do Sul o primeiro a realizá-la, visando à unificação das manifestações em todo o Brasil.