Uma paciente de 30 anos registrou um boletim de ocorrência na (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), nessa quinta-feira (5), por importunação sexual contra de um hospital psiquiátrico, em Campo Grande.

Segundo o relato da paciente, ela foi internada no Hospital da Cassems depois de uma crise depressiva, no dia 30 de setembro, sendo transferida para o hospital psiquiátrico no mesmo dia, ficando na unidade de saúde até quarta-feira (4).

Ela relatou que durante a sua recebeu medicamentos muito fortes que provocaram vários efeitos colaterais. A vítima alega ter sido negligenciada pela equipe de enfermagem. Ela ainda falou que foi deixada sem água e com as vestes sujas de fezes. 

Além disso, a vítima diz ter sofrido várias quedas e que ela ainda teve sangramento vaginal. A mulher ainda falou que a equipe médica a imobilizou e realizou exame de toque vaginal sem a autorização dela. O caso foi registrado como importunação sexual.

O Jornal Midiamax tentou contato com o hospital psiquiátrico através de ligações, mas até o fechamento da matéria não obtivemos resposta. O espaço segue aberto para futuras manifestações.

Saiba Mais