Um entregador de aplicativo ficou indignado ao esperar mais de 25 minutos por um pedido que já estava pronto em uma hamburgueria de . A situação terminou em agressão e ameaças na noite deste domingo (8) na Capital.

Conforme o entregador, ele chegou ao estabelecimento por volta das 21h16 e o pedido ainda não estava pronto. Ele então ficou esperando em sua moto até aproximadamente 21h40, quando entrou na hamburgueria para perguntar sobre a comanda.

No entanto, antes mesmo de questionar o estabelecimento, uma atendente apontou para um pedido que estava por ali e lhe entregou. Nesse instante, o entregador, que tem 21 anos, ficou indignado com a situação, pois o pedido já estava pronto e ele não foi avisado.

Revoltado, o motoboy então reclamou com o garçom sobre a demora e, em seguida, dirigiu-se até sua moto para deixar o estabelecimento.

Nesse momento, ele foi abordado por um homem que acredita ser o proprietário do local, que lhe empurrou e fechou um punho, ameaçando dar um soco no entregador. O homem então avisou que iria denunciar o motoboy no aplicativo de entregas. O caso foi registrado como ameaça e vias de fato.