Antonio Caetano de Carvalho, 67 anos, dono de uma garagem de carro, é a pessoa assassinada na manhã desta segunda-feira (13) dentro da sala de audiência do Procon Estadual, no Centro de Campo Grande. O motivo, seria uma dívida de R$ 630, que estava marcada para ser ‘resolvida’ em audiência hoje.

Conforme apurado, houve uma primeira audiência na sexta-feira (10), quando a conversa ocorreu de forma ‘normal’. Teria ficado acordado então para resolver a dívida de R$ 630. O devedor teria assinado o compromisso de devolver o valor referente a um carro nesta manhã, em audiência marcada para as 8h30.

O fornecedor já estava dentro da sala, que fica no térreo, quando o cliente chegou e disparou contra ele. Apesar de testemunhas relatarem terem ouvido três tiros, a vítima teria sido atingida por dois, um na cabeça e outro no tórax. O autor fugiu logo em seguida.

Uma funcionária, de 45 anos, relatou o momento de desespero. Segundo ela, na hora havia muitos clientes e servidores no local. “Foi tudo muito rápido. Escutei uns três ou quatro disparos. Começamos a entrar debaixo das mesas. Foi desesperador. O nosso medo era de ele sair atirando em todo mundo”, relatou.

Ainda segundo ela, apesar da sala ser aos fundos de onde ocorreu o crime, não viu a hora que o atirador saiu e passou por ela.

Várias viaturas da Polícia Militar, Polícia Civil, Garras, Batalhão de Choque, Denar e até PRF estão no local fazendo buscas pelo autor na região central.