Veículo usado em ataque que matou influencer paraguaia foi roubado no Brasil

A caminhonete S-10 foi encontrada em San Bernardino, no trecho que liga à cidade de Luque e estava totalmente incendiada
| 02/02/2022
- 10:01
Segundo a polícia
Segundo a polícia, carro foi incendiando após a fuga - Diego Dias/ABC Color

O veículo utilizado no ataque Ja'umina Fest, que matou a influencer digital paraguaia Cristina “Vita” Aranda no último domingo (30) foi registrado como roubado no Brasil. A informação é da Polícia Nacional, que investiga o caso. Além de Cristina, que era esposa de um jogador de futebol, uma pessoa também foi assassinada.

De acordo com agentes paraguaios, a caminhonete S-10 foi encontrada em San Bernardino, no trecho que liga à cidade de Luque e estava totalmente incendiada. O veículo utilizado na fuga dos suspeitos foi roubado em São Paulo, em dezembro de 2021.

A Polícia Nacional informou que o veículo encontrado queimado em São Bernardino foi dado como roubado no Brasil. Foi possivelmente usado para realizar o ataque no festival Ja'umina Fest, onde duas pessoas perderam a vida, incluindo Cristina "Vita" Aranda.

Segundo moradores, eles avistaram fumaça na área na noite de domingo e encontraram o carro consumido pelas chamas, de acordo com informações do ABC Color. Após a denúncia, o Departamento de Veículos Automotores da Polícia Nacional não conseguiu encontrar um registro da viatura no país e acabou descobrindo que se tratava de um carro furtado no Brasil.

Ainda segundo a Polícia Nacional, a identidade da pessoa que disparou contra o anfiteatro José Assunção Flores, em San Bernardino, na noite de domingo ainda é desconhecida. A principal hipótese sobre o incidente é que se tratou de uma ação ligada ao tráfico de drogas e que a influencer foi atingida por acaso.

 

Veja também

Archimedes Ferrinho Lemes Soares é morador de Dourados e recebeu ajuda de terceiros e foi levado para hospital

Últimas notícias