O MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) ofereceu uma denúncia nessa terça-feira (14), contra o homem preso por esfaquear uma motorista de aplicativo, no Bairro Aero Rancho, em Campo Grande, no dia 20 de maio. Ele teria invadido uma residência e abaixado a bermuda na frente da vítima, em novembro de 2021.

Na época, o autor de 24 anos, pulou o muro de uma casa e aproveitando que a porta estava aberta entrou na casa da vítima sem a autorização. No local, ele foi até o quarto e abaixou a bermuda e começou se tocar na frente da mulher.

Em depoimento, a vítima relatou que teria se despedido de uma amiga e retornou para o interior da casa, lá, sentou na cama e começou a mexer no celular. Em certo momento, ela teria notado um vulto pelo vão da porta, mas acabou ignorando.

Instantes depois, a vítima esticou o pescoço para ter certeza que não era nada, foi quando se deparou com o homem que imediatamente abaixou a bermuda e começou a se tocar. A mulher, desesperada começou a gritar e pedir por socorro. O autor, correu para os fundos da residência com as vestes abaixadas. Depois, ele levantou a bermuda e pulou o muro.

Contra o autor só na Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), são sete registros, três de Perturbação, três de injúria e um de satisfação da lasciva na presença de criança/adolescente. Os boletins de ocorrência são de 2018 a 2020.

Outro caso

Autor já sido indiciado pelo crime de importunação sexual contra adolescentes. O homem foi preso no seu local de trabalho, nesta quarta-feira (15), na região central.

Segundo o delegado Roberto Guimarães, o autor já foi indiciado pela Depca (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente), após mandar mensagens obscenas para adolescentes através das redes sociais. Ainda conforme o delegado, ele deve ainda nesta quarta ser encaminhado para o presídio, já que ficou comprovado que seria um risco para a sociedade se continuasse solto.

Na casa do autor foram cumpridos mandados de busca e apreensão, e restos das roupas que ele havia usado no dia do crime foram apreendidas, além do celular.

A motorista passou dias internada na Santa Casa após sofrer os ferimentos. Ela conseguiu pedir ajuda em um espetinho, nas imediações. Ela foi esfaqueada no ombro, face, orelha e na nuca.

Áudio pedindo socorro

O áudio mostra o drama que a motorista passou. “O cara me furou toda de faca gente”, relata. Em seguida, ela disse: “Moço, moço, me socorre, eu fui assaltada. Eu tô toda furada. Ajuda me levar ali no posto”, relata drama vivido. A vítima foi socorrida e levada primeiramente ao CRS (Centro Regional de Saúde) e posteriormente, devido à gravidade, foi transferida para a Santa Casa.

A motorista de aplicativo havia pegado um passageiro na Rua Internacional, no Jardim São Conrado, com destino à Avenida Filinto Muller, atrás do Condomínio Village Parati. Porém, quando estava chegando próximo ao destino, o autor teria pegado uma faca e começou a desferir vários golpes na vítima.