Polícia tenta identificar autor de mensagens de massacre em universidade de MS

Uma equipe do pelotão tático da PM de Dourados foi acionada e investiga denúncia de trote
| 17/05/2022
- 10:41
Polícia tenta identificar autor de mensagens de massacre em universidade de MS
PM esteve na universidade após denúncia (Foto: Leitor Midiamax)

A Polícia Militar de investiga a ameaça de massacre contra (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), ocorrida nesta segunda-feira (16), em Dourados, cidade distante 225 quilômetros de Campo Grande. Até o momento, o autor da mensagem de ataque à instituição ainda não foi identificado.

Segundo informações apuradas pela reportagem do Midiamax, a equipe do Pelotão Tático que atendeu à ocorrência esteve na instituição por duas vezes para apurar a denúncia de massacre a partir de um perfil criado no Instagram chamado “massacredocieppdia16”.

Na descrição, dizia: “Estão preparados para o massacre pro dia 16/5/2022, ficará marcado. Para os que acham que não é real é muito real”. Logo depois conversar com a equipe policial, a direção da UEMS divulgou uma nota.

“A unidade reforçou que não há comprovação alguma de que a ameaça seja real e que todas atividades acadêmicas e administrativas prosseguem dentro da normalidade”, diz nota encaminhada pela UEMS.

Veja também

Um motociclista ainda não identificado morreu em um acidente na Avenida Guaicurus em Dourados na...

Últimas notícias