Polícia apreendeu 170 DVDs de pornografia na casa de homem que estuprou adolescente em MS

Parte do material era de pornografia infantil
| 09/05/2022
- 17:27
Polícia apreendeu 170 DVDs de pornografia na casa de homem que estuprou adolescente em MS
Material foi apreendido na casa do suspeito (Divulgação)

Preso preventivamente e em flagrante na manhã desta segunda-feira (9), homem de 51 anos tinha em casa uma maleta com 170 DVDs, todos de conteúdo pornográfico. Acusado do estupro de uma adolescente em Brasilândia, cidade a 382 quilômetros de Campo Grande, ele é investigado pela produção de material de pornografia infantil.

De acordo com a , contra o acusado havia o mandado de prisão preventiva pelo estupro de vulnerável. O mandado foi cumprido no início da manhã e o confessou também que mantinha fotos de adolescentes em casa.

Ainda segundo o delegado titular, Thiago Passos, na casa foram apreendidos os pen-drives, além de um celular, o notebook e ao menos 170 DVDs com filmes pornográficos. Parte da mídia foi analisada pela polícia e foram identificados vídeos de cunho pornográfico com adolescentes.

O acusado responde pelo crime de armazenar o material de pornografia infantil, previsto no artigo 241-B do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), que prevê pena de um a quatro anos de reclusão.

Agora, a Polícia Civil vai investigar se o suspeito foi o responsável pela produção das fotos que mantinha e se os filmes retratam a participação de crianças ou adolescente. O Conselho Tutelar também acompanhou a ação.

Homem mantinha uma produtora em casa

Preso preventivamente pelo estupro de vulnerável, o homem alegou para a polícia que manteve um relacionamento com a adolescente algum tempo atrás, mas que “jamais a forçou a nada e que tudo foi consensual”.

Ele ainda tentou alegar que as imagens encontradas em sua posse eram ‘nudes’ que a própria jovem teria enviado e que estavam em pen-drives. Foi verificado que as fotos eram de cunho pornográfico, retratando a adolescente e indicavam ainda que uma terceira pessoa teria fotografado os abusos, afastando a alegação de que eram ‘selfies’ encaminhadas pela adolescente.

Ainda de acordo com a polícia, entre os DVDs apreendidos com o suspeito havia títulos inclusive de zoofilia. O acusado mantinha na casa uma espécie de produtora de filmes pornográficos. Ele foi preso em flagrante por adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornografia envolvendo criança ou adolescente.

Veja também

Últimas notícias