Autor de roubo, ainda não identificado, morreu após ele e dois comparsas invadirem uma clínica de estética, onde havia duas mulheres, no Jardim Veraneio, na tarde desta quarta-feira (01), em Campo Grande. A clínica funciona em anexo à uma residência. As vítimas relataram aos policiais que os ladrões eram bastante agressivos, estavam muito nervosos e chegaram a agredir uma das mulheres, com soco na boca e inclusive enforcaram ela.

Equipe do Batalhão de Choque da Policia Militar, informa que realizava patrulhamento ostensivo, momento em que copiou ocorrência de roubo, onde os autores armados invadiram a clínica.

De acordo com a polícia, ao chegarem ao local, foram informados por uma testemunha de que os três invadiram pelos fundos da residência, que faz divisa com terrenos com área de mata. Prestador de serviços estava no local e viu o momento em que os bandidos entraram. Eles aproveitaram um terreno baldio que fica aos fundos da casa, para cometerem o roubo.

Os três violaram uma cerca, invadiram o terreno e pularam o muro nos fundos da residência. O prestador de serviços então percebeu a invasão, acionou a Polícia Militar e se escondeu em seguida. Enquanto isso, os bandidos renderam as duas mulheres.

As vítimas foram colocadas em um cômodo e os bandidos passaram a pegar pertences e joias e inclusive agrediram uma das vítimas. Momentos depois, as equipes do Batalhão de Choque e 9º Batalhão da Polícia Militar chegaram, momento em que ele fugiram correndo pelos fundos da casa. Imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que eles fogem correndo.

Segundo a polícia, foi então realizado o cerco quando os agentes viram um dos autores correndo no cruzamento das Ruas Dois Rios com João Kussarev.

A PM relata que foi verbalizado, identificado como polícia, ordenado que parasse, porém, ele correu em direção a mata e, ao perceber a aproximação dos agentes já próximos, efetuou disparos direção aos policiais que buscaram abrigo e novamente verbalizaram, enquanto ele efetuou mais um tiro em direção aos policiais militares.

Ainda de acordo com a polícia, quando os militares conseguiram se aproximar do indivíduo, ele, ao perceber a aproximação de dois policiais, se virou em direção a eles com arma em punho apontando para a equipe, instante em que foram realizados dois disparos que atingiram o autor.

Conforme relatado, a viatura do Noroeste permaneceu isolando e preservando o local do crime, enquanto o Choque prestou socorro ao autor até a Santa Casa, onde ele morreu após dar entrada. Os policiais, apreenderam no bolso dele, dois anéis, aparentando ser ouro, um lado de brinco, um relógio Smart Watch e uma cédula de R$ 20, roubado das vítimas. Os outros dois autores conseguiram fugir.

Posteriormente a equipe do Choque retornou ao local do confronto e auxiliou no isolamento e preservação até a chegada da autoridade policial de plantão, acompanhado da equipe de polícia científica.

Como o autor não portava documentos, até o encerramento do confecção deste boletim ocorrência não foi possível realizar sua identificação.