Justiça denuncia ‘Alemão’ por assassinato de ex-prefeito de cidade da fronteira com MS

Pistoleiro é ligado ao PCC e foi apontado com uma das pessoas que atirou contra o administrador de Pedro Juan Caballero
| 07/07/2022
- 06:27
Justiça denuncia ‘Alemão’ por assassinato de ex-prefeito de cidade da fronteira com MS
'Alemão' , durante audiência no Ministério Público do Paraguai - (Foto: Divulgação)

Ronny Ayala Benítez, vulgo ‘Alemão` foi denunciado nesta quarta-feira (6) pelo Ministério Público do pelo assassinato do ex-prefeito de Pedro Juan Caballero, José Carlos Acevedo. Ele é apontado pela Polícia Nacional como um dos pistoleiros que atiraram contra o irmão do governador do Departamento de Amambay, Ronald Acevedo.

De acordo comissário César Silguero, chefe da divisão contra o crime organizado, o pistoleiro é ligado ao PCC (Primeiro Comando da Capital), com ramificação em Mato Grosso do Sul. Outra informação da Polícia Nacional, segundo a FM Urendey, é que Ronny Ayala Benítez chegou a ser contratado como um pistoleiro pela mãe de Gregorio ‘Papo’ Morales.

‘Alemão’ foi preso na última segunda-feira (4), por acaso, cidade de Encarnación, após um incidente de rua, mas sua identidade foi verificada na sede da polícia, que descobriu que ele também estava na lista de investigados pelo ataque contra o ex-prefeito. Ele também tem pena de prisão decretada em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul e também estaria ligado ao clã de Jarvis Pavão.

O suposto assassino do prefeito do ex-prefeito de Pero Juan Caballero foi capturado junto com Alejandro Ayala Otazú, na segunda-feira (4), em Itapúa. ‘Alemão’ já estava sendo procurado  pelo assassinato de Óscar Ramón Cardozo, vulgo ‘King Kong’, que há uma semana foi extraditado da Argentina a pedido da paraguaia.

Veja também

A PMA (Polícia Militar Ambiental) do Grupamento do Parque do Ivinhema surpreendeu pescador pescando com...

Últimas notícias