Filho de secretária municipal teria sido morto por PM após atirar na frente de bar

Militares estavam à paisana no local e reagiram ao disparo
| 15/05/2022
- 08:56
Filho de secretária municipal teria sido morto por PM após atirar na frente de bar
Pedro morreu ferido a tiros (Reprodução, Facebook)

A morte de Pedro Henrique Evangelista Bahia, de 24 anos, teria acontecido após o rapaz voltar armado ao bar, de onde teria sido retirado por um . O caso está em investigação e um policial militar, que teria feito os disparos que atingiram Pedro, é ouvido pela de Jardim, cidade a 239 quilômetros de Campo Grande.

Conforme as informações iniciais do caso, Pedro teria se envolvido em uma briga no estabelecimento, que fica na região central de Jardim. Ele então teria sido retirado pelo segurança, quando disse que voltaria armado.

Assim, ele teria voltado ao local com a arma. Na frente do bar, ainda de acordo com testemunhas, teria feito disparo. Policiais militares à paisana acabaram se envolvendo na ocorrência e um deles atirou três vezes. Os tiros atingiram Pedro, que ainda foi socorrido e levado ao Hospital Marechal Rondon, onde acabou falecendo.

O Midiamax apurou que o militar é ouvido na delegacia da cidade. A arma do militar deve ser recolhida para perícia e a princípio o caso seria tratado como legítima defesa. Ainda é apurada a motivação para que Pedro tenha sido retirado da casa noturna.

O rapaz é filho da secretária de Desenvolvimento Econômico e Cultura do município. O caso é registrado na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Jardim e imagens de câmeras de segurança do estabelecimento são analisadas.

Veja também

Últimas notícias