Em Dourados, Guarda Municipal realizou mais de 70 mil procedimentos

As principais ações foram de atendimento à população e patrulhamentos preventivos
| 10/02/2022
- 14:21
Agente municipal durante ação em frente à Depac de Dourados
Agente municipal durante ação em frente à Depac de Dourados - Midiamax/Arquivo

Um relatório divulgado pela GMD ( de Dourados) mostra que o órgão realizou 71 mil procedimentos durante o ano passado. A maior parte dos serviços prestados está relacionada aos atendimentos a população e patrulhamento preventivos.

“A Guarda Municipal se destaca pela pluralidade de ações. Atuando nas áreas de proteção ao patrimônio público, do meio ambiente, no atendimento à população, com orientação, prevenção e prestação de socorro, Defesa Civil, Fiscalização de Trânsito, Ronda Escolar e nos atendimentos emergenciais”, afirma o inspetor Sérgio Mondadori.

Segundo Mondadori, “os destaques das ações da GMD foram o trabalho preventivo, as fiscalizações realizadas durante a pandemia da Covid-19, os atendimentos a população douradense e o apoio a outras secretarias municipais e instituições de Segurança Pública como forças policiais e Poder Judiciário”.

Em 2021, de acordo com o balanço, foram lavrados 7.168 boletins, sendo realizados nestes documentos 8.989 procedimentos. Os 1.665 procedimentos criminais realizados foram registrados em 988 boletins de ocorrências entregues juntos com a apresentação dos presos às delegacias de polícias. Já os 7.168 procedimentos para a resolução pacífica dos problemas no local da solicitação estão registrados em 6.180 boletins de atendimentos.

A GMD também realizou 49.273 mil rondas patrimoniais preventivas em praças, parques e ruas da cidade. “São vistorias que garantem a segurança do bem público, assim como o bem-estar das pessoas que frequentam esses locais e usam os serviços municipais”, destaca o inspetor Sérgio Mondadori.

Outros destaques dos trabalhos da GMD em 2021 foram as fiscalizações em prol da prevenção da Covid-19. Foram 5.684 ações, entre atuações preventivas, fiscalizatórias e orientação à população. A Sala Rádio (Cecom) atendeu 20 mil ligações, das quais 6 mil foram sobre a pandemia da Covid-19.

As festas clandestinas e as pessoas que insistiram em descumprir as medidas sanitárias receberam as devidas sanções que culminaram no registro de 91 boletins de ocorrências. Segundo o relatório, também foram realizados 249 atendimentos as vítimas de violência doméstica que culminaram na prisão em flagrante delito de 100 autores. Atendendo às denúncias das vítimas, os GMs conseguiram prender 20 autores por quebras de medidas protetivas.

As situações de perturbação da tranquilidade e sossego público estão entre as maiores demandas com 1.214 denúncias atendidas. Foram atendidas 253 situações de furtos e 118 solicitações para averiguar crimes de dano e 58 violações a domicílio.

 

Veja também

Um homem foi baleado na noite desta sexta-feira (01) na Rua Bento de Souza, na...

Últimas notícias