Cuidadora teria facilitado a entrada de bandidos em residência onde casal foi amarrado na Capital

Bandidos levaram carros avaliados em R$ 130 mil
| 26/05/2022
- 18:15
Cuidadora teria facilitado a entrada de bandidos em residência onde casal foi amarrado na Capital
Um dos veículos apreendidos (divulgação)

O casal que teve dois veículos roubados durante a madrugada desta quinta-feira (26), no bairro Vila Margarida, em Campo Grande, teve a residência invadida após a cuidadora facilitar o acesso dos bandidos. A Polícia Militar do 2° GPM Itamarati e a Polícia Militar Rodoviária do Batalhão de Vista Alegre, recuperam os dois automóveis, um em Maracaju e outro em Ponta Porã. O caso foi registrado na Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos).

Segundo o delegado Roberto Guimarães, que ficou a frente do caso, as ordens para a execução do roupo teriam vindo de dentro do presídio, onde a cuidadora da idosa de mais de 90 anos teria articulado com o detento.

Na residência, três criminosos renderam a família, um e três mulheres, eles teriam colocado duas em um quarto e outras no outro quarto, amarradas sobre a cama. Os bandidos então levaram vários objetos da residência, como eletrônicos, joias e outros pertences divididos nos dois veículos levados pelo grupo.

Após os criminosos fugirem do local, as vítimas conseguiram se soltar e acionaram a polícia que conseguiu avistar os dois veículos na MS-164, um Hyundai Tucson e um Creta que estavam seguindo sentido a fronteira e teria destino o Paraguai.

Os policiais começaram a fazer um acompanhamento tático e o Creta, conseguiu fugir no sentido a Ponta Porã, mas a Tucson foi abordada no Distrito de Vista Alegre, em Maracaju e estava sendo conduzido por um jovem de 18 anos e tendo como passageira uma jovem da mesma idade.

O condutor confessou o crime e disse que após sair da residência, foram até o bairro Sílvia Regina para busca a passageira e seguiram para Pedro Juan Caballero, no Paraguai. Os policiais avisaram os policiais de Ponta Porã que conseguiram identificar o outro veículo furtado.

Conforme o boletim de ocorrência, os policiais avistaram o Creta que trafegava em alta velocidade, momento em que foi iniciado o acompanhamento tático com sinais luminosos e sonoros, onde foi realizada a abordagem do veículo na Vila do Secador, no Distrito de Nova Itamarati, e após consulta, foi confirmado que se tratava do veículo roubado em Campo Grande.

O condutor de 22 anos disse que receberia R$ 600 para entregar o veículo em Pedro Juan Caballero.

WhatsApp Image 2022 05 26 at 20.04.38 1 - Cuidadora teria facilitado a entrada de bandidos em residência onde casal foi amarrado na Capital

Veja também

A Polícia Federal e a Polícia Militar Rodoviária de São Paulo apreenderam 177 quilos de...

Últimas notícias