Após matar motociclista, Colombiano quase atropela mais duas pessoas durante fuga

Uma das testemunhas é um policial militar e disse que o motorista da Mercedes parecia estar ‘alucinado’
| 28/02/2022
- 20:46
A Polícia Civil diz que o o motorista deve ser indiciado por homicídio doloso e tentativa de homicídio.
A Polícia Civil diz que o o motorista deve ser indiciado por homicídio doloso e tentativa de homicídio. - Marcos Ermínio/ Midiamax

Após matar um motociclista e deixar uma jovem gravemente ferida, o colombiano Carlos Hugo Naranjo Álvares, de 32 anos, quase atropelou mais duas pessoas durante a fuga. O fato aconteceu no início da manhã desta segunda-feira (28), no cruzamento da Rua Guia Lopes, com a Avenida Salgado Filho, em Campo Grande.

Segundo informações da polícia, um policial contou que estava em uma motocicleta a caminho do trabalho quando avistou Carlos dirigindo uma Mercedes Benz em alta velocidade. O militar alega que o colombiano parecia estar ‘alucinado’ e que quase o atropelou. Outra testemunha também contou que estava trafegando pela mesma via que Carlos quando ouviu um barulho muito alto e em seguida, o homem também quase foi atropelado pelo colombiano que trafegava em zigue-zague pela rua.

VÍTIMAS

Foi identificado como Matheus Frota da Rocha, de 27 anos, o piloto da motocicleta que se envolveu no acidente esta manhã (28). Na garupa, estava a vítima Samira Ribeiro dos Santos, de 19 anos, que está internada consciente e orientada na e respira sem auxílio de aparelhos, de acordo com a assessoria de imprensa do hospital.

ACIDENTE

Conforme informações do Bptran (Batalhão de Trânsito da Polícia Militar), o motorista da Mercedes avançou a preferencial e atingido a moto. Uma segunda vítima ficou ferida, garupa da motocicleta, de 19 anos, com suspeita de fratura na cintura, e foi encaminhada para a Santa Casa, a princípio consciente. O estado de saúde dela é considerado grave.

Com o impacto da colisão, os ocupantes e o escapamento da moto foram parar na calçada. A Perícia e o delegado da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, José Roberto de Oliveira Júnior, também estiveram no local e fizeram a remoção do corpo. "Já temos bastante informações sobre o carro e o motorista pode responder por homicídio doloso", afirma o delegado.

Ainda segundo ele, as imagens das câmeras mostram que, ao abrir o semáforo da Rua Guia Lopes, os dois carros que estão parados saem devagar, o que indica que o sinal estava verde para eles e Matheus.

PRISÃO DO MOTORISTA E SEQUESTRO FORJADO

Carlos foi preso em flagrante horas após atropelar e matar Matheus. Ele deve ser indiciado por homicídio doloso e tentativa de homicídio. No momento da prisão, em depoimento informal para a PM (Polícia Militar), o suspeito teria dito que havia sido sequestrado. “Ele mentiu para a equipe da PM ao ser flagrado na MS-080, porém, como viram marcas de sangue e danos no carro, constataram o envolvimento dele no acidente e ele está a caminho de Campo Grande”, afirmou ao o delegado Roberto Faria, responsável pelas investigações.

Veja também

Caminhão da coleta do lixo e um veículo Fiat Uno se envolveram em um acidente...

Últimas notícias