Após exames, IMOL não encontra indício de violência em bebê de 2 meses que morreu em MS

Polícia Civil chegou a registrar o caso como morte a esclarecer, pois recebeu informações de denúncia de maus-tratos no Conselho Tutelar
| 26/01/2022
- 19:49
Após exames, IMOL não encontra indício de violência em bebê de 2 meses que morreu em MS
(Foto: Agesul)

Não foram encontrados indícios de violência pela unidade do (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) de Coxim, no caso do bebê de dois meses que morreu no final da manhã do último sábado (22), em Rio Verde de MT, a 203 quilômetros de Campo Grande. A mãe relatou que o menino se engasgou enquanto tomava leite.

Segundo informações do site Edição MS, a espuminha que saia do nariz e a coloração das unhas, arroxeadas, indicavam que o bebê teria morrido por asfixia, provavelmente enquanto era amamentado. Essa teria sido a informação passada por familiares no Hospital Municipal, quando a criança deu entrada na unidade já sem vida.

O site informou, porém, que o IMOL constatou a morte sem violência e devolveu o corpo para a família velar e enterrar. A Polícia Civil chegou a registrar o caso como morte a esclarecer, pois recebeu informações de denúncia de maus-tratos no Conselho Tutelar.

A denúncia feita de forma anônima dava conta de que o bebê chorava muito. Os conselheiros foram ao endereço, na Vila Nova, mas não encontraram ninguém por duas vezes.

Veja também

Últimas notícias