Na noite de terça-feira (14), jovem de 19 anos foi detido, acusado de participar de um tribunal do crime no último domingo (12) em Corumbá, a 444 quilômetros de Campo Grande. Ele estava foragido e era o sexto suspeito que aparecia em um vídeo, feito durante sessão de tortura contra um homem de 40 anos.

Foi feito pedido de prisão do acusado, cumprido na noite de terça após a Polícia Civil identificar que ele tentava fugir para Campo Grande, em um carro de aplicativo. Em ação coordenada pela PRF (Polícia Rodoviária Federal), agentes prenderam o homem já em Terenos e o encaminharam para Corumbá.

Tribunal do crime

No último domingo, policiais civis receberam um vídeo de um homem sendo torturado e submetido a um tribunal do crime do PCC, por supostamente ter abusado de uma criança. A partir dessas informações, as equipes conseguiram identificar a vítima, que estava desaparecida desde 13h30 do dia anterior.

No cativeiro, os policiais resgataram o homem, bastante machucado, com braço quebrado e vários hematomas no corpo. Ainda no cativeiro foram presas 5 pessoas, três mulheres de 18, 25 e 39 anos e dois homens, de 23 e 29 anos, sendo que o de 19 anos teria conseguido fugir.

O grupo responde por tortura mediante sequestro e integrar organização criminosa. O caso é investigado na 1ª Delegacia de Corumbá.