Polícia

VÍDEO: Choque, PM e Guarda tiveram que conter tumultuo após trio ser baleado no Celina Jallad

Outras duas vítimas baleadas foram encaminhadas para a Santa Casa

Danielle Errobidarte Publicado em 06/12/2021, às 11h24

Três vítimas foram encaminhadas para o CRS Coophavila 2.
Três vítimas foram encaminhadas para o CRS Coophavila 2. - (Foto: Leonardo de França - Jornal Midiamax)

Após dar entrada no CRS (Centro Regional de Saúde) Coophavila II vítima de ferimento de arma de fogo, Douglas Willian dos Santos de Almeida, de 24 anos, funcionários da unidade chamaram a Polícia Militar, Guarda Municipal e o Batalhão de Choque para conter um tumulto. Segundo informado pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), o acionamento das forças policiais “é de praxe para reforçar a segurança e evitar que houvesse algum perigo à equipe de saúde e pacientes que estavam no local”.

Vídeo de câmeras de segurança de um comércio próximo mostram o momento em que diversas pessoas chegam ao local e aguardam em frente ao portão de entrada de ambulâncias, na Rua da Península, por volta das 20h42. Em seguida, as viaturas chegam e é possível ver uma movimentação intensa de pessoas.

Conforme a Sesau, as três pessoas encaminhadas ao CRS Coophavila II — Douglas, um jovem de 24 anos e uma adolescente de 15 — deram entrada na unidade por volta das 20h30, levadas por meios próprios. Segundo a equipe médica, Douglas chegou ao posto de saúde em parada cardiorrespiratória, baleado na região do tronco, foram feitas manobras de reanimação, mas sem sucesso. O óbito foi constatado às 21h08 e as equipes policiais permaneceram no CRS até a retirada do corpo.

A adolescente de 15 anos e o jovem de 24 foram transferidos para a Santa Casa por volta das 22h, ambos encaminhados pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Ela foi atingida por um dos disparos no braço direito e no tórax, está na enfermaria consciente e estável, e utiliza dreno na região do tórax.

Já o jovem foi ferido nas nádegas e na perna esquerda, e também está consciente e orientado. Ele foi avaliado pela equipe de cirurgia geral, mas foi liberado, sendo internado pela ortopedia. Está previsto que o jovem passe por cirurgia para correção de ferimento.

[Colocar ALT]
Marca de tiro ficou no portão de residência em que Douglas estava sentado. (Foto: Leonardo de França - Jornal Midiamax)

Insegurança

Segundo moradores do Celina Jallad, foram aproximadamente 15 disparos. Recentemente, outras duas pessoas também foram vítimas de disparo de arma de fogo naquela rua. O morador da residência onde os disparos ocorreram, de 33 anos, que tinha Douglas como único amigo no bairro, relatou que mora na região há um ano e meio e já quer se mudar. “Por mim, já tinha me mudado agora de manhã mesmo”, disse.

Nas redes sociais, amigos lamentaram a morte de Douglas, dizendo que ele estava trabalhando e também estava na igreja. Os moradores ainda relataram que o bairro está cada vez mais perigoso, em toda região do Caiobá, e pedem policiamento.

Execução

Conforme as informações da polícia, um grupo de pessoas estava na calçada, na esquina, quando os suspeitos passaram em um Palio. Foram feitos vários disparos de arma de fogo que atingiram as três pessoas.

As vítimas ainda foram levadas até o CRS (Centro Regional de Saúde) do Coophavila, onde Douglas acabou falecendo. Segundo testemunhas, dois homens armados chegaram ao posto de saúde e procuraram pelo rapaz, mas acabaram desistindo de ‘terminar o serviço’ já que o local estava cheio.

Os autores do homicídio não foram encontrados, mas há suspeita que sejam moradores em um bairro na região central de Campo Grande. Douglas tinha passagens pela polícia, por porte ilegal de arma e desobediência.

Segundo homicídio

Kennedy Gabriel foi assassinado com três tiros na frente da namorada,na noite de quinta-feira (2), também na região do Portal Caiobá. Ele ainda tentou correr para dentro de casa para fugir dos atiradores.

O assassinato aconteceu por volta das 22h28, quando Kennedy estava sentado em frente à sua casa com a namorada no colo. Testemunhas disseram que o autor é magro, vestia uma roupa de cor azul e chegou em uma motocicleta de cor vermelha.

Confira o vídeo:

Jornal Midiamax