Polícia Federal faz operação contra investigado de fraudar previdência em 3 cidades de MS

Foi deflagrada na manhã desta terça-feira (9), pela Polícia Federal a Operação MG2, contra um grupo criminoso de estelionato previdenciário, que atuava em Mato Grosso do Sul e em Mato Grosso. O grupo usava documentos falsos para conseguir os benefícios. Dois mandados de busca e apreensão são cumpridos na cidade de Várzea Grande/Mato Grosso. Os […]
| 09/02/2021
- 11:46
Polícia Federal faz operação contra investigado de fraudar previdência em 3 cidades de MS
(Divulgação PF) - (Divulgação PF)

Foi deflagrada na manhã desta terça-feira (9), pela Polícia Federal a Operação MG2, contra um grupo criminoso de estelionato previdenciário, que atuava em Mato Grosso do Sul e em Mato Grosso. O grupo usava documentos falsos para conseguir os benefícios.

Dois mandados de busca e apreensão são cumpridos na cidade de Várzea Grande/Mato Grosso. Os mandados foram expedidos pela de Campo Grande. As investigações começaram em julho de 2018 após a em Fátima do Sul, de um dos investigados por uso de documento falso. Com ele foram apreendidas seis CNHs (Carteiras Nacionais de Habilitação) falsas, todas com a fotografia do investigado, e que teriam sido utilizadas para efetuar pedidos de benefícios previdenciários em diferentes cidades do Estado, como Fátima do Sul, Três Lagoas, Bataguassu e Ponta Porã.

Também foram apreendidos diversos atestados médicos suspeitos, requerimentos de benefícios previdenciários utilizando os nomes que constam dos documentos falsos arrecadados em poder do investigado, radiografias e materiais utilizados para simular engessamento dos braços.

Foi constatado pela investigação que o suspeito teria obtido sucesso na concessão de alguns dos benefícios.  Ainda durante a investigação foram encontrados indícios de que o crime teria sido planejado e coordenado por uma pessoa moradora de Várzea Grande.

Veja também

A PMA (Polícia Militar Ambiental) deflagrou a Operação Bocaiúva contra o tráfico de animais em...

Últimas notícias