O filho de um vereador e ex-presidente da Câmara Municipal de Santa Rita do Pardo, distante a 267 quilômetros de Campo Grande, foi preso na madrugada deste domingo (19) após agredir a companheira no Centro da cidade. A vítima, de 40 anos, sofreu um corte profundo na cabeça. O homem, de 31 anos, também teria ameaçado os policiais.

As agressões teriam iniciado após a vítima reclamar com o marido, que urinava no guarda-roupas do casal durante a madrugada. O homem, então, bateu a cabeça dela contra a cama e o chão, que causou o ferimento.

A sobrinha da vítima acionou a Polícia Militar e relatou que o homem trancou a esposa no quarto para agredi-la, também, com socos e chutes. Além disso, a vítima foi mordida pelo autor.

Durante a ocorrência, os policiais encontraram a casa ensanguentada e escutaram a discussão dentro do quarto. O autor recebeu ordens de abrir a porta e acatou.

A vítima passou por atendimento médico e o homem começou a ameaçar a equipe médica. “Meu pai é vereador nessa cidade. Ele que manda aqui nesse hospital”, teria dito o homem à médica plantonista.

O agressor foi preso em flagrante e levado para a Delegacia de Polícia da cidade. Ele responderá pelos crimes de desacato, violência doméstica e lesão corporal dolosa, segundo o site Cenário MS.