Polícia

Polícia paraguaia encontra roças de maconha em reserva ambiental

Autoridades paraguaias desencadearam uma nova operação contra fazendas de produção de maconha. Desta vez os alvo foram algumas áreas de proteção ambiental,  localizadas na região do Parque San Rafael, em Itapúa, onde foram encontradas e destruídas 40 toneladas da droga, que já estavam sendo preparada ser colocada nas mãos de narcotraficantes. Segundo a Senad (Secretaria […]

Marcos Morandi Publicado em 02/12/2020, às 09h18

Agente paraguaio, durante corte de pés de maconha. (Foto: Senad)
Agente paraguaio, durante corte de pés de maconha. (Foto: Senad) - Agente paraguaio, durante corte de pés de maconha. (Foto: Senad)

Autoridades paraguaias desencadearam uma nova operação contra fazendas de produção de maconha. Desta vez os alvo foram algumas áreas de proteção ambiental,  localizadas na região do Parque San Rafael, em Itapúa, onde foram encontradas e destruídas 40 toneladas da droga, que já estavam sendo preparada ser colocada nas mãos de narcotraficantes.

Segundo a Senad (Secretaria Nacional Antidrogas), a operação tem como foco a desarticulação das finanças do crime organizado e também garantir a proteção de áreas consideradas de reserva ambiental.

Após a realização de inspeções em áreas florestais e protegidas nas proximidades de Las Mercedes e San Miguelito, os agentes localizaram uma área aberta na qual haviam 13 hectares de maconha. A área atacada seria responsável pela produção de pelo menos 39 toneladas de maconha, que seriam colocadas em circulação.

Segundo informações da agencia paraguaia, nos arredores da propriedade, três acampamentos foram encontrados e incinerados. Ao todo foram destruídas mais de 40 toneladas de maconha.

Jornal Midiamax