O acusado de matar a facadas a ex-namorada e o atual companheiro dela a facadas, na frente de uma menina de 3 anos, em Costa Rica a 384 quilômetros de Campo Grande vai passar por exame de insanidade mental pedido pela defesa. Jair Soares de Oliveira de 32 anos, está preso desde o dia 29 de maio.

A defesa de Jair protocolou o pedido após anexar o resultado de um exame em que ficou constatado que o autor teria transtorno depressivo grave com sintomas psicóticos e que estava sob tratamento. O documento com o parecer é de março deste ano. Portanto a defesa técnica acabou pedindo pelo exame de insanidade mental.

Jair foi indiciado por feminícidio. Ele foi preso no dia 29 de maio em Eldorado após fugir depois de cometer o assassinato.

Ele fugiu durante a madrugada, após invadir a casa e o quarto onde Marilei Ramos e Gilcione Rodrigues Martins, de 34 anos, dormiam com a filha de três anos da mulher. Ele esfaqueou o casal até a morte e a criança presenciou o crime. Quando a polícia chegou, ela estava toda ensanguentada, mas não teve ferimentos causados pelo autor. Os irmãos de 8 e 11 anos dormiam no quarto ao

No fim de março deste ano, ele já tinha sequestrado a ex-mulher e a ameaçado. Na ocasião, a mulher chegou a pular do carro em movimento para se livrar do ex agressor e houve perseguição policial, mas o suspeito não foi detido naquele dia, conseguindo fugir.