Equipe dos EUA realiza o 2° transplante de rim de porco em humano

Na cirurgia, dois rins de um porco geneticamente modificado foram colocados no corpo humano
| 20/01/2022
- 18:00
Médicos durante o procedimento
Médicos durante o procedimento - Divulgação

Uma equipe médica dos anunciou nesta quinta-feira (20) a segunda operação de transplante de órgão de um porco para um corpo humano. A foi realizada no dia 30 de setembro de 2021, mas o anúncio foi feito só nesta quarta-feira (20).

O procedimento foi realizado por médicos da UAB (Universidade do Alabama em Birmingham) e descrito em um artigo científico publicado no periódico "American Journal of Transplantation". Essa é a segunda vez que os médicos realizaram esse procedimento — a primeira foi em um paciente com morte cerebral, no dia 25 de setembro de 2021 em Nova York.

Na cirurgia, dois rins de um porco geneticamente modificado foram colocados no corpo humano de Jim Parsons, de 57 anos. A equipe da UAB indicou que este procedimento está a um passo de se tornar uma realidade clínica. Eles planejam passar para testes em humanos em breve e, em seguida, buscar aprovação regulatória para esses tipos de intervenções.

"Os resultados de hoje são uma conquista notável para a humanidade e fazem avançar o xenotransplante no âmbito clínico", comentou Selwyn Vickers, reitor da Heersink de Medicina da UAB, que realizou o procedimento.

Os xenotransplantes — transferência de tecidos de uma espécie para outra — não são novos. Os porcos são doadores ideais devido ao tamanho de seus órgãos, seu rápido crescimento e grandes ninhadas, e já são criados como fonte de alimento.

Recentemente foi realizado um transplante inédito de coração de um porco para um humano. David Bennett, de 57 anos, também com morte cerebral. David foi a primeira pessoa do mundo a passar por esse procedimento.

(Com supervisão de Guilherme Cavalcante)

Veja também

A objeção de Erdogan está relacionada ao suposto apoio de suecos e finlandeses a militantes turcos

Últimas notícias