Estado Islâmico toma último posto de fronteira entre Síria e Iraque

Cruzamento de al-Tanf fica na província de Homs, na Síria
| 22/05/2015
- 14:39
Estado Islâmico toma último posto de fronteira entre Síria e Iraque

Cruzamento de al-Tanf fica na província de Homs, na Síria

O grupo militante Estado Islâmico tomou a última passagem da fronteira entre a Síria e o Iraque depois que as forças do governo sírio se retiraram, afirmou o grupo de monitoramento da guerra Observatório Sírio para os Direitos Humanos nesta quinta-feira (21).

O cruzamento de al-Tanf, conhecido como al-Waleed no Iraque, fica na província de Homs, na Síria, onde o Estado Islâmico apreendeu na quarta-feira a cidade histórica de Palmira das forças do governo.

Um combatente do Estado Islâmico contatado pela Reuters confirmou que o grupo havia tomado o controle da passagem fronteiriça, que fica a 240 quilômetros de Palmira.

O EI é um grupo de combatentes jihadistas que pretendem impor a lei islâmica nos territórios conquistados. O grupo controla territórios no Iraque e na Síria. Nos últimos oito dias conseguiu duas importantes conquistas: Ramadi, capital da província de Al-Anbar, no Iraque, e Palmira, cidade histórica na Síria.

A conquista de Palmira representou mais uma vitória significativa que lhe permite expandir sua zona de influência de ambos os lados da fronteira sírio-iraquiana.

Ao tomar Palmira, cidade histórica de mais de 2.000 anos e verdadeira encruzilhada que se abre para o grande deserto sírio na fronteira do Iraque, o EI passa a controlar metade do território da Síria e ameaça Homs, a terceira cidade do país em guerra.

A queda da cidade histórica nas mãos do EI provoca um grande temor por suas famosas ruínas, que são consideradas patrimônio da humanidade pela Unesco.

Veja também

A partida dos navios provou que o acordo pode funcionar e deu esperança para mais exportações de alimentos da Ucrânia

Últimas notícias