MidiaMAIS / Evento

Lenilde Ramos lança livro “João da Moto” em Dourados nesta segunda

Lançamento acontece na Pestalozzi do maior município do interior de MS

Marcos Morandi Publicado em 02/08/2021, às 09h25

Em texto narrativo, o livro conta a trajetória de João e ainda faz um paralelo do contexto histórico em que ele vive
Em texto narrativo, o livro conta a trajetória de João e ainda faz um paralelo do contexto histórico em que ele vive

A vida não tem limites para João Carlos Estevão de Andrade, personagem do livro “João da Moto”, de autoria da jornalista e sanfoneira Lenilde Ramos, que será lançado nesta segunda-feira (2), na Pestalozzi de Dourados, a partir das 15 horas.

O protagonista do livro vive em Campo Grande desde os sete anos, mas nasceu no Rio de Janeiro, de um parto que passou da hora. Essa ocorrência roubou o oxigênio necessário para que seu cérebro fizesse a conexão entre o comando e a execução dos movimentos.

No livro, João Carlos e Lenilde Ramos, amigos há 40 anos, desmistificam a pessoa que a sociedade ainda insiste em chamar de “deficiente”. E isso é feito pelo impacto na família, pelo romper das convenções impostas a ele.

O contexto familiar de João Carlos traz uma parte da história de Mato Grosso do Sul. Do lado materno, temos o avô Estevão, imigrante português que se tornou grande industrial em Campo Grande, e do lado paterno, a linhagem da família Andrade com a bisavó Rita Vieira, que se tornou nome de bairro.

Um ponto forte do livro é o despertar de João para sua condição física, a forma com que buscou se inserir na sociedade como um cidadão produtivo, e como lutou para que outras pessoas com deficiência buscassem, na medida do possível, a própria autonomia e independência.

“Esse processo começou de forma simples com a primeira bicicleta, que evoluiu para as mobiletes e depois para as motos adaptadas. Muita gente ainda se lembra do moço diferente que circulava pela cidade com seu triciclo, importante ferramenta da militância que o levou a atuar em uma expressiva folha de serviços na Associação Pestalozzi”, conta Lenilde.

João Carlos está com 63 anos e muita história para contar. ‘Sua luta continua e esse livro é mais uma arma para prosseguir na tarefa de quebrar protocolos, enfrentar tabus e mostrar que é gente como a gente”, relata a jornalista, ressaltando que João Carlos integra o Conselho Científico da Federação das Associações Pestalozzi do Brasil e dedica uma parte das vendas à Pestalozzi de Campo Grande, sua parceira em trabalhos e projetos.

Para a diretora da Associação Pestalozzi de Dourados, Vera Lúcia Moreno Di Dio, o lançamento do livro, que terá presença de João Carlos, é um motivo de alegria para toda a instituição. “Ele é a fortaleza do movimento Pestalozzi em todo o Brasil e serve de inspiração para todos nós pelo seu exemplo de superação de força de vontade”, conta a Diretora.

Serviço:

O lançamento do livro “João da Moto” está programado para 15 horas, na Rua Dom João VI, nº 905, Jardim Ouro Verde, com a presença de João Carlos Estevão de Andrade e da jornalista Lenilde Ramos.

Jornal Midiamax